Mate de Galão

De WikiRio
Ir para: navegação, pesquisa
Ver também: Portal:Baixa Gastronomia Carioca

O Mate

Vendedor de mate, muito comum nas praias cariocas.
Internauta flagra vendedor de mate abastecendo galão com água do jardim.

O mate de galão vendido nas praias cariocas é feito com a infusão da erva-mate torrada. A bebida é servida gelada e pode ser consumida pura ou misturada com suco de limão. O mate é preparado pelos próprios ambulantes de forma artesanal e, por conta disso, muitos especulam que o preparo é feito com água da bica e gelo de escama não filtrado. Em 2010 a bebida foi banida das praias mas, por já fazer parte da cultura carioca, a medida causou grande comoção e o mate acabou voltando. O episódio serviu para promover o produto e alavancar as vendas, para alegria dos consumidores e ambulantes.

A fabricação de mate de galão é caseira e muita vezes não conta com situações necessárias de manipulação e higiene, e pode sofrer contaminação por agentes nocivos à saúde.

Saiu na mídia

Internauta flagra vendedor de mate abastecendo com agua do jardim

Composição

  • Erva-mate - A erva é torrada, o que confere à bebida a cor caramelada. A cafeína presente no mate causa sensação de bem estar, além de ser viciante.
  • Água - Teoricamente deveria ser filtrada, mas sabe-se que nem sempre isso acontece.
  • Açúcar - O mate vendido na praia já é adocicado com açúcar refinado, mas sem nenhum padrão. Pode vir doce, muito doce ou um "melaço".
  • Suco de Limão - Não se sabe ao certo se é suco da fruta ou industrial diluído em água.
  • Gelo - O ambulante precisa andar por horas debaixo do sol e por conta disso o gelo é essencial para manter a bebida em baixa temperatura. O gelo em escama é muito mais barato que o filtrado mas é impróprio para consumo, o que não impede que os vendedores o utilizem.

Onde encontrar

Dica

Estando na praia, não deixe de provar o Biscoito Globo, outro exemplo clássico da baixa gastronomia carioca.